Impactos

Pesquisa mostra que 87,8% dos pequenos negócios diminuíram o faturamento durante a pandemia

Números demonstram ainda que 56% dos empreendedores estão funcionando com mudanças por causa da crise

Diante das restrições de circulação de pessoas no Estado, 87% dos pequenos negócios foram afetados com a diminuição do faturamento mensal. 56% dos empreendedores mudaram o funcionamento durante a crise, e 34% fecharam as portas temporariamente. Os números são da nova edição da pesquisa do Sebrae, em parceria com a FGV, que analisa o Impacto da pandemia de coronavírus nos Pequenos Negócios.

A sondagem mostra ainda que 46% dos empresários passaram a vender produtos e serviços favorecidos pela pandemia para expandir as vendas. A maioria dos entrevistados é dos setores de comércio e serviços. O impacto no funcionamento ainda é sentido por grande parte dos Microempreendedores Individuais (MEI) e micro e pequenas empresas procurados pela pesquisa: 73% enfrentam o fechamento parcial, enquanto 21% estão em processo de reabertura. Sobre os protocolos de segurança definidos pelo poder público para funcionamento das atividades, 64% dos empresários têm conhecimento e já implementaram.

Segundo o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo, a pesquisa retrata as dificuldades que os empreendedores estão enfretando nessa crise do coronavírus. “Os pequenos negócios capixabas lutam para se manter de pé, buscam formas alternativas de vendas para garantir os empregos e o sustento de sua própria família. A grande maioria teve diminuição radical no faturamento e uma boa parcela fechou as portas, sendo que algumas empresas nem devem voltar ao mercado. O Sebrae trabalha incessantemente para oferecer alternativas a esses empreendedores, mas ainda assim não está fácil manter os negócios. Para completar a angústia dos empresários das MPEs, os bancos não oferecem o suficiente para atender as reais necessidades do segmento”, afirma.

Para conseguir manter os negócios rodando, 34% dos empreendedores estão utilizando ferramentas digitais como website, telefone e atendimentos por aplicativos. Quando assunto é venda por redes sociais, os canais mais populares são WhatsApp (79,2%), Instagram (60,9%) e Facebook (49,6%), respectivamente.

Para auxiliar os empreendedores, o Sebrae oferece diversos cursos online e o mais procurado este ano tem sido justamente o “Marketing Digital”, que ensina o empresário a melhorar o alcance e a interatividade com seus clientes, além de monitorar os resultados das ações.

Os interessados em participar dos cursos podem acessar http://bit.ly/cursos_Sebrae.

Empréstimo

Dentre os ouvidos na pesquisa, 46% afirmaram que têm dívidas ou empréstimos em atraso, e 50% tentaram conseguir um empréstimo desde o início da crise. A busca por crédito continua a ser um dos maiores obstáculos para os pequenos negócios no Espírito Santo: apenas 21% conseguiram empréstimos, enquanto 26% ainda estão aguardando uma resposta e outros 53% tiveram o crédito negado.

As principais razões citadas pelos empreendedores para não terem conseguido empréstimo foram o CPF negativado ou com restrição (22%), o fato de a empresa estar negativada (18%), e a falta de garantias ou avalistas (16%).

Para auxiliar os empresários que pretendem buscar financiamento junto às instituições financeiras, o Sebrae/ES vai realizar o 2º Encontro de Crédito, nos dias 30 e 31 de julho. Durante os dois dias os interessados irão se reunir com as instituições financeiras para conhecer as opções de crédito disponíveis. Os participantes terão horários pré-agendados para esse bate-papo com os bancos, quando poderão tirar suas dúvidas sobre os serviços financeiros que melhor se enquadrem a sua realidade.

Os interessados em participar do Encontro de Crédito podem acessar https://tinyurl.com/encontrodecredito

A pesquisa do Sebrae, em parceria com a FGV, entrevistou, no Espírito Santo, 147 MEIs e donos de micro e pequenas empresas, de 25 a 30 de junho.

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação Sebrae/ES

Sayonara Lacerda / Karla Monteiro
Marcella Andrade / Gabriela Jucá
Tel: (27) 3041-5613 / 3041-5531
E-mail: sayonara.lacerda@es.sebrae.com.br 
karla.fonseca@es.sebrae.com.br 

INFORMAÇÕES PARA EMPREENDEDORES

Central de Relacionamento Sebrae - 0800 570 0800

Os textos veiculados pela Agência Sebrae de Notícias – ES são produzidos pela Assessoria do Sebrae/ES e podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da Agência.